segunda-feira, 11 de abril de 2011

Aplicação do dinheiro excedente, arrecadado no Prêmio Gilberto Gomes de Educação Ambiental

Estive com Ermelino em março, no Poço. Ele me narrou uma situação que achei complicada. A escola estava sem computador, sem poder emitir histórico, transferências, atestados, preencher formulários para licitações, benefícios sociais, no que dependesse do equipamento, etc. Ele tentou uma solução junto à prefeitura, mas a resposta não seria breve e talvez seria para consertar o computador antigão. Ele já havia levado os aparelhos em outra oportunidade, sem uma solução eficaz, tanto que quebrou novamente. Falei para ele que apesar de o dinheiro em caixa ser destinado à premiação deste ano, também era para ser aplicado na escola, e tal situação não podia demorar ser resolvida. Podíamos utilizá-lo para resolver o problema. Ele concordou e se comprometeu a realizar alguns eventos para angariar outros fundos para a premiação e completar o valor do aparelho.
Foi adquirido um computador para o colégio do Poço por  R$948,00 com o dinheiro que você contribuiu (R$663,00 que estava em caixa e o restante eles arrecadaram na comunidade). Resolvemos parte dos problemas. Obrigado a todos.

2 comentários:

Celito Regmendes disse...

ah não fabio eu discordo disso,disicordo veementemente,não se pode dá uma de bonzinho assim não meu caro, poxa borde é tudo q orgãos do governo agora querem é isso q alguem assuma algo q sua ieneficiencia,muitas vezes por incompetencia e irresponsabilade cometem...

PRIMEIRO EU ACHO Q SE DEVERIA SIM abrir o jogo de como andam as escolas, o ano passado qdo dei aula la no poço, doía-me v as coisas daquele jeito, se deveria vir aqui na sede abrir o bocaõ, pressionar, chatear a galera só colocar alguma coisa angariada da forma bonita q foi no ultimo do ultimo caso após ampla discussão e divulgação do problema;;;

SINCERAMENTE ME CHATEIA TAL ATITUDE, ESSA GRANA COMO TE SUGERI FINAL DO ANO PASSADO, SE PODERIA juntar pra comprar um note book ou algo do genero para entregar ao primeiro lugar da redação ou algo maior deste ano, se pode dizer q serviria a um(a) qdo la no colegio servirá a todos, mas lá é dever do poder publico fazer isso qdo o concurso é algo acima dos deveres do poder publico , asume um carater mais q funcional ele ficarar de forma altamente marcante p aquele souber usar seu talento e seu esforço pra ser premiado(a) enquanto q o os orgaãos publicos não usam nem talento nem tão nem aí pra resolver os problemas q lhe competem ou estão não são competenetes, nem criativos nem ... bem fica aqui meu protesto, espero q outros tambme se mainifestem!!!

Fábio Rosa - Dos do Povo do Poço disse...

Celitão, esse dinheiro estava parado. Havia pessoas precisando na escola e na comunidade. A premiação ocorrerá! Você sabe que estamos tentando melhorar os critérios e Hermelino se comprometeu a angariar os fundos. Já há outros projetos em execução. A Assembléia que tratou do evento vinculou a aplicação na escola. Seria para comprar um Datashow, não deu, depois propuseram a nova premiação. Não se pode ficar o tempo todo atrás do Poder Público.