domingo, 5 de julho de 2009

Nem só a Floresta Amazônica precisa ser preservada.

Desafio os aventureiros de Uibaí a identificar, medir e comentar o que se pode observar das fotos de satélite da cidade, disponibilizadas pela internet (no google).
Pelo que eu pude ver, distante cerca de 3 Km da sede, existem cerca de 800 ha, cerca MIL campos de futebol, aparentemente desmatadas.
Com a palavra os ambientalistas de Uibaí, o IBAMA, Secretaria de Meio Ambiente. Qual a explicação para tal fenômeno. Estão acabando com as nossas árvores? Desde quando? Para quê?
No povoado de Boca D'água existe um aberto de cerca de 1 km X 0,1km que mais parece um campo de pouso, no meio da serra! Caçadores, alguém pode dizer o que estas imagens significam, já que o seu pobre amigo conterrâneo só fica na curiosidade, na distante capital.
O aquecimento global, de tanto se falar, parece que já foi resolvido. Parece que os problemas só ocorrem longe da gente, com os outros. Não somos capazes nem de criticar o que vemos de errado, de sugerir outros caminhos?! Até quando suportaremos ser tão lentos?
Pessoal, o que eu estou comentando é que já não existe mata no sentido leste (divisa com Presidente Dutra, Lapão, Ibititá) em função dos plantios de sequeiro, irrigações e pior, agora vão tornar a pinha uma monocultura, o que irá gerar o aparecimento de diversos males neste fruto, oriundo do plantio único e consequente desequilíbrio.
Agora, o que eu observo é que no sentido oeste da cidade (serra), existe este aberto na vegetação. Queira a Deus seja só um problema na fotografia! Ou então eu vou tomar um calmante e dormir, pensando que é um sonho. Ops! Não é sonho, é pesadelo, estou ouvindo uma voz dizendo estão expulsando os animais silvestres para construir roças, pastos, vender postes de cerca, fazer carvão, grilhar terras, etc. Muitos animais como o "Anda só", a raposa, onça, tatu, o veado, já se foram. Seus filhos já não conhecerão estas espécies. Por quê? O que você fez para mudar este quadro?
De quem é a responsabilidade eu não sei, mas os prejudicados somos nós e as futuras gerações. Quando lhe falarem: estão destruindo a Amazônia, diga " É, estão. Mas também estão destruindo nossa Caatinga, que também é um bioma que existe uma fauna, e uma flora, a serem preservadas, inclusive por determinação constitucional.". A nossa serra está para Uibaí, assim como a Floresta Amazônica está para o mundo!

NÃO FIQUE SEM LER: O TRAMPOLIM POLÍTICO EM UIBAÍ

Um comentário:

Vavá disse...

Olá, bom dia!

Fábio, parabéns pela abordagem deste tema. Teus questionamentos são pertinentes e dão conta de uma trágica realidade ambiental no município.
Queimadas, grilagem e caçadores são presenças constantes das nossas serras. Nos poucos locais com presença de água suficiente para o lazer, o que se vê é poluição: lixos, carros de som estrondando... bosta e mijo. Pichações tomam conta das pedras e paredões, inclusive sobre importantes pinturas rupestres existentes em toda a região.
Temos que valorizar também a existência de pequenas áreas com vegetação ainda intacta em áreas particulares espalhadas em diversas propriedades, os chamados Capões. A administração pública deve fazer constar numa política ambiental a valorização destas áreas, isentando de impostos, por exemplo, as áreas com vegetação nativa.
A elaboração de políticas de FISCALIZAÇÃO, PRESERVAÇÃO(do pouco que ainda resta), E RECUPERAÇÃO é urgente. Cabe ressaltar que esta é uma tarefa dificílima de se obter resultados a curto prazo, tendo em vista o desprezo que as pessoas têm com o meio ambiente...è preciso fazer implantar um programa INTEGRADO de: 1-fiscalização; 2 - recuperação paulatina da fauna e flora e; 3 - educação.

Precisamos nos organizar(estarmos juntos e organizados) para termos força suficiente para pressionar o poder público pela elaboração e implantação de um projeto ambiental para Uibaí. Talvez se poderia iniciar com a implantação da Agenda 21 municipal...
Mais uma vez: somente unidos/organizados teremos força para pressionar.

Um abraço!

Vavá